http://04021c3560d0c90306.comunidade.uolk.uol.com.br/2008_03/topic2008_03-12_15_39_50-3929349.html



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Arte e cultura, Gastronomia



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Louvre
 Metropolitan Museum of Art (New York)
 Opéra National de Paris
 Château de Versailles
 Bienvenue à Montmartre
 Arena di Verona
 Catedral de Notre Dame
 Louve Passion
 Tick Tack - podcast de tecnologia


 
Blog da Fran - A vida pelos meus olhos


DE VOLTA DAS FÉRIAS

PRIMEIRA PARADA: ISTAMBUL/TURQUIA

AS BELEZAS, OS SABORES E OS SEGREDOS DA CIDADE CONSTRUÍDA PELOS SULTÕES

A bandeira turca decora toda a cidade. Há milhares delas espalhadas pela enorme Istambul.

Mesquista do bairro de Ortakoy, um dos mais charmosos da cidade. Os turcos calculam que existam por volta de 2,5 mil mesquitas em Istambul.

A belíssima Blue Mosque - na verdade Sultanahmet Camii. O popular nome azul foi atribuído aos seus azulejos obviamente azuis. 

Ayasofia: a mesquita que virou museu. Sua cúpula, um exemplo representativo da arquitetura bizantina, encanta historiadores e turistas.

 

A melhor vista da Blue Mosque é a do terraço do restaurante do hotel Arcadia.

Entrada principal da Ayasofia.

As duas mesquitas - Ayasofia e Blue Mosque - ficam frente a frente. E no meio do caminho um jardim inesquecível.

Não era época de tulipas, a flor originária da Turquia, mas as outras espécies também são lindas.

Foto da Ayasofia a partir da Blue Mosque.

Descalça e com lenço na Blue Mosque, como manda a regra do Islã para mulheres que desejam pisar numa mesquita.

Outro dia, do lado de fora da Blue Mosque. Com os braços de fora e sem véu. Nem ousei tentar entrar.

Por dentro da Ayasofia. Deslumbrante!

Prestes a entrar no Grand Bazaar, o mundo da perdição (das compras).

Lenços de seda, de pashmina, entre tantos outros.

Sapatinhos de Aladin.

Vocação nacional: produzir e vender tapetes. Por sinal, lindíssimos.

A beleza das louças e porcelanas, principalmente as azuis turquesa (de turquoise, de Turquia). 

Pratos de todas as cores e desenhos. Todos pintados a mão.

Essa construção linda foi uma cadeia no passado. Hoje pertence ao confortável Hotel Four Seasons.

O hotel por dentro. Belo jardim e decoração elegante.

Eu dentro do hotel, uma atração turística por conta de seu passado.

Adorei a água com pêssego servida pelo hotel. Água fresca em ambos os sentidos.

 

Pêssegos, nectarinas e damascos são para os turcos o que a banana e a laranja são para nós, brazucas. Lá eu comi os mais saborosos da minha vida.

Quer um doce? Bem-vindo ao país do "turkish delight", doce que é realmente um delírio turco. Eles levam amêndoas, avelãs, suco de uva, de laranja, menta, coco, pistache, entre tantos outros sabores. São imperdíveis e de uma variedade enorme.

Esses doces são de uma estética...

O de chocolate com pistache é sensacional e inédito - pelo menos no Brasil.

Uhmmm...

Kebab doce! UAU!

Pimentas e chás de todos os tipos. Sabores mil no Spice Bazar.

Quer comer uma joaninha de chocolate?

Olha só que doce diferente. E com muito mel.

E por falar em mel, os favos de mel mais lindos que já vi.

A cidade também é muito bem servida de peixes. Ulalá.

Branquinho, macio e muito saboroso. Adorei esse prato super saudável.

Salada turca e seu sabor nada insosso.

Pão folha...

Turca abrindo o pão, uma cena comum na cidade.

Um pequeno e inesquecível banquete no almoço. Comida muito boa.

E para os fãs de pizza como eu, pizza turca com cola turka. Sensacional.

Tudo leva muito gergelim. Amooo!

E para fechar a refeição um autêntico café turco.

Música turca em todos os cantos para entrar no clima.

Imperdível a performance dos Whirling Dervishes (dervishes rodopiantes), que não fazem simplesmente uma dança, mas um ritual para desapego e busca por Deus, entre outras coisas.

Istambul: cidade multicultural. Brasileira, turco, americanos.

A cidade e seus bares e restaurantes charmosos.

 

Repare bem na foto colorida da loja. No canto esquerdo inferior há um gato. Há felinos espalhados por toda Turquia.

Tirando uma soneca na mesquita.

Paz nos parques turcos.

Cisterna: passeio obrigatório!

No barco, indo para o lado asiático.

Chegando ao lado asiático, que é menos atrativo que a faceta européia de Istambul.

Outro passeio de barco, desta vez pelo Bósforo...

Algumas mansões de mais de 3 milhões de euros.

Galata, a torre mais antiga do mundo aberta à visitação.

Vista sensacional do alto da torre.

Palácio Topkapi, um legado de riquezas para o país.

Harém onde viviam as concubinas, os guardas castrados e a mãe do sultão. Nem com todo luxo que existe lá dentro eu viveria enclausruda assim. Legal, mas ao mesmo tempo desesperador.

Conforto de sultão com vista paradisíaca no Topkapi.

Os muitos azulejos azuis do palácio.

Uma muçulmana muito fashion.

Antiga estação onde chegava o trem Orient-Express, que vinha de Paris.

Sonhando em retornar à Turquia...



Escrito por Françoise Terzian às 19h22
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
eXTReMe Tracker